Tamo frito! Roseana corta 79 milhões da CAEMA e 6 milhões da Segurança

Governadora-Roseana-Sarney5

A governadora Roseana Sarney promoverá drásticos cortes no Orçamento do Estado para 2014, que irão diminuir a capacidade de gestão e investimento de áreas vitais do Executivo, como a Educação, a Segurança Pública, a Agricultura, a Pesca, a Pecuária e o Turismo.

Mesmo com a falta de abastecimento de água em São Luís e em todo o Maranhão, com pessoas carregando latas d’água na cabeça e recorrendo a carros-pipa a preços elevadíssimos, a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) terá um inexplicável corte de R$ 79 milhões no orçamento. Com os recursos já existentes a Companhia está sucateada, impossibilitada de resolver o grave problema da água no estado, no ano que vem será ainda mais difícil sair do vermelho dada a escassez de dinheiro para ser investido.

Outro setor que passa por uma grave crise, com uma onda de criminalidade sem controle, onde cidadãos inocentes estão morrendo assassinados todos os dias, a Segurança Pública terá redução de R$ 6 milhões no orçamento.

A única Secretaria de Estado que foi devidamente valorizada no Orçamento de 2014 é a de Infraestrutura, coincidentemente a que tem um pré-candidato a governador. O Orçamento da Secretaria de Infraestrutura, no comando do competente deputado Max Barros, no ano de 2013 foi de R$ 259 milhões. Esse valor vai ser triplicado em 2014 com Luis Fernando, indo para R$ 692 milhões, um aumento de R$ 430 milhões.

A análise do Projeto de Lei Orçamentário para o exercício de 2014, que determina onde serão aplicados os recursos do Estado do Maranhão para o próximo ano, foi feita deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB), na manhã desta terça-feira (22). Segundo ele, o projeto prevê um Orçamento para 2014 no valor global de R$ 14,1 bilhões. Rubens Júnior observou que, em comparação com o Orçamento de 2013, houve um aumento de R$ 1 bilhão no Orçamento previsto para 2014.

A Lei Orçamentária de 2013, aprovada pela Assembleia Legislativa e sancionada pela governadora Roseana, destinava R$ 597 milhões para a Caema; mas a proposta de Lei Orçamentária para 2014, destina R$ 518 milhões – isto é, R$ 79 milhões a menos entre a Lei Orçamentária de 2013 e a Proposta de Lei para 2014.

Orçamento-2014“Como justificar num orçamento de R$ 14 bilhões que aumentou R$ 1 bilhão, que tem uma onda de empréstimos e o governo vai meter a faca na Caema. Isto é grave, e muito grave, a governadora Roseana, na mensagem encaminhada para esta Casa, cortou o orçamento da Caema em R$ 79 milhões”, enfatizou.

A governadora fez também um corte de R$ 23 milhões no orçamento da Secretaria de Estado da Educação (Seeduc). Para o programa de erradicação do analfabetismo no ano de 2013, o Governo fez uma previsão orçamentária de R$ 7,4 milhões, mas este mesmo programa será contemplado com apenas R$ 250 mil no ano de 2014.

Em seu pronunciamento, o deputado Rubens Júnior disse que foi feito ainda um corte estimado em 56% no orçamento da Secretaria de Estado do Turismo.

Na mensagem encaminhada à Assembleia Legislativa, a governadora Roseana promove também cortes inexplicáveis no orçamento da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca e também no orçamento da Secretaria de Estado da Cultura. “Este Orçamento é um retrato do Governo, onde deixa de fora a segurança, a educação, o turismo, a cultura, a agricultura para investir num pasta onde tem um pré-candidato a governador”, assinalou Rubens Jr.

Do Blog do Jonh Cutrim

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.